Vale discorda do pedido de indiciamento de executivos em CPI de Brumadinho Distrito Federal R7 Jornal de Brasília
Vale discorda do pedido de indiciamento de executivos em CPI de Brumadinho Distrito Federal R7 Jornal de Brasília

Jornal de Brasília

Jornal de Brasília

Jornal de Brasília

No Vale, afirma em um comunicado que “respeitosamente discorda com a sugestão do presidente e dos diretores e executivos da empresa, tal como proposto no relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito da Assembléia Legislativa de Minas Gerais. “O relatório recomenda a apresentação de encargos de forma vertical, com base em cargos de todos os níveis da organização”, explica o mineiro.Para a CPI, que durou cerca de seis meses. Ele é de cerca de 340 páginas. Foram realizadas 31 reuniões, e desde a 149 depoimentos. A pedido do presidente, e deverá ser enviado para o Ministério Público do Estado de Minas Gerais (MPMG), que, por sua vez, decide se encaminha a solicitação para o sistema de Justiça. Até agora, foram confirmados, com 249 mortos na ruptura da barragem. As outras 21 pessoas ainda estão desaparecidas.”No Vale, acredita que é essencial que haja uma conclusão de especialistas, técnica e científica causas do rompimento da barragem, antes B1 é mencionado responsabilidades. No Vale, e os seus funcionários permanecem ativamente colaborando com todas as autoridades competentes e instituições, que determinam as circunstâncias da cisão”, diz ela do Vale, em uma nota para o advogado Augusto de Arruda Botelho, que defende os funcionários da Tüv Süd qualificado para o relatório final da comissão como “precipitada e errada”. “Ele foi passado com uma série de demonstrações e provas colhidas no curso da investigação”.As penas para os crimes identificados no relatório da comissão, se houver condenação, são como segue: o assassinato de 12 a 30 anos de prisão para cada um deles. Falsidade ideológica, com pena de prisão de um a cinco anos de Lesão, simples e qualificado para o de seis meses a três anos de prisão. Lesão para o corpo, de um a cinco anos de prisão. Para aqueles crimes que são atribuídos para o Vale, há uma possibilidade de pagamento de multa e de recuperação da área destruída.

O Conteúdo Acessado.

Facebook Comments

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here


1 + = seis